Mestrado em Relações Internacionais

PPGRI
Video Institucional

O Mestrado Acadêmico em Relações Internacionais da Universidade Federal de Uberlândia é composto por uma área de concentração em Política Internacional, interessada na análise dos atores, das instituições e das transformações presentes na sua configuração. Para tanto, a área de concentração é constituída por três linhas de pesquisa: Economia Política Internacional; Política Externa e Instituições Internacionais; e Segurança Internacional.

A linha de pesquisa Política Externa e Instituições Internacionais analisa as questões relativas à política externa e às instituições internacionais, tanto do ponto de vista de suas particularidades, quanto do ponto de vista das suas inter-relações. Aqui estuda-se temas como a política externa do Brasil e de outros países, a atuação internacional de governos subnacionais, os atores, preferências e estratégias de mobilização na atuação internacional e na formulação de política externa, as posições dos países em regimes e negociações internacionais, as tradições de política externa, as mudanças nas instituições internacionais, formais e informais, e, as formas de governança internacional. Do mesmo modo, as pesquisas desta linha abordarão os processos de integração ou cooperação regional e hemisférica; os debates sobre o significado, alcance e mudanças das instituições multilaterais; além da discussão em torno dos sistemas de proteção internacional dos direitos humanos e as cortes criminais internacionais. Atualmente esta linha é composta pelos/as professores/as doutores/as Armando Gallo Yahn Filho, Débora Figueiredo Mendonça do Prado, Haroldo Ramanzini Júnior, Isabela Gerbelli Garbin Ramanzini e Marrielle Maia Alves Ferreira.

A linha de pesquisa Segurança Internacional privilegia análises teoricamente informadas, desde aquelas consideradas canônicas, como os debates realistas e discussões relativas aos Estudos Estratégicos, assim como aquelas influenciadas pelo movimento teórico crítico de Relações Internacionais, especialmente de matriz construtivista, pós-estruturalista e pós-colonialista. Os projetos de pesquisa e as disciplinas dessa linha tratarão, sobretudo, da discussão sobre polaridade no sistema internacional, resolução de conflitos intraestatais, operações de paz, políticas de segurança e defesa das potências mundiais e de países emergentes, e temáticas como terrorismo e proliferação de armas de destruição em massa. Atualmente esta linha é composta pelos/as professores/as doutores/as Aureo de Toledo Gomes, Edson Jose Neves Junior,  Flávio Pedroso Mendes, Lara Martim Rodrigues Selis e Sandra Aparecida Cardozo.

Já a linha de pesquisa Economia Política Internacional tem por objetivo o desenvolvimento de estudos sobre as dinâmicas interestatais e a interdependência econômica internacional, considerando os variados arranjos (sociais, políticos e econômicos) que afetam os sistemas globais de produção, troca e distribuição com impacto nas ações internacionais dos Estados em suas múltiplas dimensões. A linha se propõe a compreender a concorrência estatal para a atração de capitais e seus desdobramentos nas relações comerciais, financeiras e de investimentos. Para isto serão consideradas as estratégias adotadas nos fóruns multilaterais e nas negociações econômicas internacionais. Serão estudados temas como a criação, o funcionamento e as mudanças nos regimes econômicos internacionais; a mundialização; os desafios estruturais do multilateralismo econômico e as consequências da intensificação do plurilateralismo; a hegemonia norte-americana e seus impactos na economia internacional e a questão da dependência. Atualmente esta linha é composta pelos/as professores/as doutores/as Filipe Almeida do Prado Mendonça, José Rubens Damas Garlipp, Marisa Silva Amaral, Niemeyer Almeida Filho e Pedro Henrique de Moraes Cícero.

Tal composição permite congregar e avançar uma estrutura curricular articulada em torno de disciplinas, projetos de pesquisa e outras atividades especificas, objetivando contribuir de forma original para a área Relações Internacionais no Brasil. Ademais, com base nessa estruturação o PPGRI-UFU dedica-se à formação de pesquisadoras, pesquisadores e profissionais de alto nível, capacitados para atuar no ensino superior e em instituições públicas e privadas que demandem conhecimento especializado na área de Relações Internacionais.

 

Composição curricular

 

O curso de Mestrado Acadêmico do PPGRI-UFU tem duração mínima de 12 meses e máxima de 24 meses. A composição curricular do curso perfaz um total de 47 créditos, assim distribuídos:

  • 12 créditos em disciplinas obrigatórias;
  • 8 créditos em disciplinas optativas;
  • 3 créditos em "Exames de Qualificação"
  • 24 créditos em “Dissertação de Mestrado”.

Cada unidade de crédito em disciplinas corresponde a 15 horas-aula. Para integralizar os créditos da atividade Dissertação de Mestrado, o aluno deverá se matricular na disciplina Dissertação de Mestrado. Para saber mais, acesse aqui a íntegra do regulamento do Programa.

 

Histórico do PPGRI-UFU: 

 

O atual Instituto de Economia e Relações Internacionais (IERI-UFU) teve origem no Departamento de Economia da UFU que, por sua vez, nasceu da antiga Faculdade de Ciências Econômicas de Uberlândia (maior e mais importante município da região do Triângulo Mineiro), fundada em 1962 (através do Decreto-lei 1842 de 05/12/62), passando a integrar a Universidade de Uberlândia, autorizada a funcionar em 1969 (Decreto-lei de 14/08/69). Com a federalização da Universidade em 1978 (Decreto-lei 6532 de 24/05/78), foram instituídos os Departamentos como suas unidades básicas e nessa nova estrutura organizacional, surgiram o Departamento de Economia e o Curso de Graduação em Ciências Econômicas.

O próximo avanço que ocorreu foi a implantação do Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE-UFU) que contempla, no momento, o Curso de Mestrado em Economia e o Curso de Doutorado em Economia, aprovados pela CAPES (Coordenação de Acompanhamento de Pessoal de Nível Superior). Ainda com referência à composição do Instituto, em Agosto de 2008, o Conselho Universitário da UFU aprovou, mediante Resolução 24/2008, a criação do Curso de Graduação em Relações Internacionais, que foi iniciado efetivamente em março de 2009.  

O Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais (PPGRI-UFU) oferecido pelo Instituto de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Uberlândia iniciou suas atividades em 2015, com a aprovação e autorização para funcionamento pela CAPES em dezembro de 2014 do curso de Mestrado em Relações Internacionais.

Em 2020, o PPGRI-UFU publicou um livro apresentando resultados de parte das pesquisas desenvolvidas nos últimos cinco anos por discentes e docentes do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais do Instituto de Economia e Relações Internacionais (IERI) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Até 2021, com apenas seis anos de idade, o PPGRI-UFU já foi responsável pela defesa de 64, todas disponíveis aqui.

 

Objetivo do PPGRI-UFU: 

 

O PPGRI tem como objetivo geral o desenvolvimento de estudos e pesquisas na área de Política Internacional e a formação de recursos humanos qualificados para instituições públicas e privadas na área de Relações Internacionais. Os objetivos específicos do PPGRI são:

i) Conferir o grau de mestre em Relações Internacionais;

ii) Formar docentes, pesquisadoras, pesquisadores e profissionais na área de Relações Internacionais;

iii) Produzir e difundir conhecimento na área da Relações Internacionais;

iv) Desenvolver estudos e pesquisas sobre as dinâmicas contemporâneas da política internacional.

Nossa missão é desenvolver estudos e pesquisas na área de Relações Internacionais e formar recursos humanos qualificados para instituições públicas e privadas.

 

Infraestrutura: 

 

O PPGRI-UFU conta com 1 laboratório exclusivo para uso dos discentes de pós-graduação, equipado com 18 computadores conectados à Internet, equipados com pacote básico de softwares e com softwares especializados, além da possibilidade de acesso a bancos de dados. Além disso, há mais 2 laboratórios de uso exclusivo dos discentes de graduação e pós-graduação, equipados com um total de 40 computadores conectados à Internet.

O PPGRI-UFU também possui 3 salas exclusivas para o desenvolvimento das aulas didáticas da pós-graduação, sendo uma delas equipada para videoconferência, visando dinamizar o contato dos docentes de discentes do PPGE com outras escolas e centros de pesquisa.

 

Competências:

 

I - planejar, coordenar, executar e avaliar as atividades de ensino, pesquisa e extensão na área de Relações Internacionais;
II - planejar a aplicação dos recursos orçamentários e extra-orçamentários que lhe forem alocados e administrar os bens patrimoniais sob sua responsabilidade;
III - coordenar e implementar a política de recursos humanos no âmbito de sua competência; e
IV - elaborar, aprovar e modificar, através de seu Conselho, seu Regimento Interno, em consonância com o Estatuto e o Regimento Geral da UFU.

 

Horário de atendimento ao público:

 

2ª a 6ª feira

08:00 às 12:00 / 13:00 às 17:00

Secretário: Vinicius Rezende Rosa
Coordenador: Filipe Almeida do Prado Mendonça

Ocupantes e Cargos:

Vide Equipe , neste website.

Legislações:

Vide Legislação IERI e Legislação PPGRI , neste website.

 

Perfil do ingressante: 

As vagas do curso de Mestrado Acadêmico do PPGRI-UFU destinam-se a egressos de cursos de graduação de longa duração (graduação plena) reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), assim como cursos de tecnologia em nível superior. Não podem se candidatar egressos de curso de curta duração, sequencial e assemelhados e só serão admitidos tecnólogos graduados em nível superior.

Tópicos: